Instantes Perdidos

Instantes que se perdem na vida rodopiante e alucinada... Instantes escritos em poesia na busca da perfeição.

quarta-feira, dezembro 07, 2005



Amor Puro

O Amor puro
É aquele amor duro,
Aquele do sonho rasgado
Na procura da luta cerrada,
Que o torna tão amado...

O amor puro
É o escuro
Da esperança fintada
O corpo profundo
Da volupia firmada
No infinito do segundo...
Ai amor puro,
O unico seguro
Que nasce nas dores
Da alma chorada,
Sem lagrimas ou temores
Que morrem no mundo...

Morrem tão fundo...
Na maternidade destes amores.

Mas serão sempre amores
dum amor puro.


Assin. Artur Rebelo

4 Missivas:

  • Blogger yatashi, escreveu…

    que saudades que tinha de te ler:)

    beijos doces**

    Rose

     
  • Anonymous Anónimo, escreveu…

    ;) Finalmente cheguei aqui pestinha:P Sempre me consegues ver da tua janela
    ?

     
  • Blogger Mafas Kewas, escreveu…

    Há muito que nao te lia e gostei :) Belo :)

    **

     
  • Blogger Sianna, escreveu…

    Foi a primeira vez que por aqui passei..e devo dzr k gstei mt da tua maneira d escrever..é bastant pessoal e bela..parabéns:)
    hei-d voltar

     

Enviar um comentário

<< Voltar